Unfortunately Millenials Suck: Episode IV

OBS: o título é uma referência a este perfil de rede social

Sim, este é uma publicação cult sobre Big Brother Brasil. Se não gosta de BBB ou auto-reflexão, não é o texto para você.

Sou obrigado a concordar com a @safadasensata24 

Millennials não acreditam na realidade. Seguindo a máxima de Nietzche, não há tal coisa objetiva como "verdades", mas apenas "perspectivas", na contramão do que a ciência e a sociedade como um todo vem pregando desde a decadência do feudalismo. Isto significa que, independentemente do que ocorre neste mundo concreto que somos forçados a compartilhar, são os fatos que precisam ser dobrados à interpretação, e não o contrário.

Mas o que isto tem a ver com o BBB 21?

Por motivos de falta de tempo, só agora estou colocando os episódios em dia, na esperança de terminá-los antes da grande final, que ocorrerá na próxima terça-feira, dia 5º de maio. Baseado num dos meus livros favoritos ("1984", de George Orwell), o formato construído por Boninho e cia. no interior dos estúdios da Rede Globo no Projac é surpreendentemente fiel ao que é proposto pela obra britânica. Não apenas pela vigilância constante, que é o mote do programa, mas - principalmente - pelo brilhante trabalho de edição e manipulação da narrativa que controla o jogo.

No final do mês de março, quando o trabalho passou a ocupar quase todo o meu tempo (vide ausência de publicações aqui), havia duas duplas prováveis em formação, e elas eram antagônicas.

Gilberto e Sarah

Amigos inseparáveis, o economista pernambucano e a consultora de marketing brasiliense pareciam ter a faca e o queijo na mão, em todos os sentidos. Doutorando em microeconomia, Gil era tão carismático quanto familiarizado com a sofisticada Teoria dos Jogos, cuja criação é, justamente, o fundamento da ciência microeconômica (e tema da dissertação de mestrado dele).

Por outro lado, Sarah complementava o conhecimento dele com uma ampla experiência de vida para sua pouca idade (tendo morado em Los Angeles e até atuado junto a interlocutores no Palácio do Planalto) e um temperamento cuidadoso, estratégico e controlado. Aliás, é Sarah quem provê uma base sólida para todo experimento em ciências sociais: a capacidade de observar e prever a ação humana. O livro que ela leu no hotel antes de entrar no programa, inclusive, é um conto famoso.

O excesso de autoconfiança acabou respingando em quem ele mais buscava proteger.

É, contudo, a química que há entre eles que guardava o maior potencial. Defensores árduos um do outro, Gil e Sarah possuíam uma relação verdadeiramente orgânica em termos de narrativa. A sintonia entre os dois, aliás, foi o motivo dela ser eliminada

Juliette e Viih Tube

Do lado oposto, no entanto, a advogada e maquiadora paraibana e a vlogueira do interior paulista formaram uma aliança confusa e de baixa confiança. Juliette e Vitória possuem poucas afinidades em comum, e só se aproximaram porque foram confinadas separadamente antes de entrarem na casa.

Linguaruda, Juliette é presa fácil de Viih, que se mantém neutra e em cima do muro sempre que possível. Viih, inclusive, utiliza Juliette como forma de escavar informações que normalmente não lhe seriam confiadas (o que provoca a cisão do finado G3) e não desperdiça muitas oportunidades de falar-lhe mal pelas costas.

Mesmo falando mal de Juliette o tempo todo, Viih Tube foi uma poderosa aliada no jogo.

É com esta amizade a la Vinícius de Moraes, amando-lhe meio odiosamente, que ambas prosseguem por muito tempo no jogo. Foi justamente por não guardar palavras carinhosas para sua amiga que Viih garantiu-lhe a continuação no programa.

Como assim?

A despeito de sua falsidade, Vitória sempre defendeu sua ponta da barganha com ações. De fato, não seria com palavras, já que Viih falava-lhe mal por trás em toda oportunidade. Ela precisava forçar esta postura porque não havia a mesma sintonia que existia entre Gil e Sarah, onde havia tanta confiança que Gil não hesitou em conjurar uma indicação de líder em cima da hora, que terminou culminando em retaliação contra sua melhor amiga. 

A amizade de Sarah com Gil exigiu seu próprio sacrifício quando ela guardou um segredo que teve consequências drásticas. Para sustentar valores intangíveis e idealísticos, Sarah foi abatida por um relacionamento que todos podiam ver que era genuíno.

Da outra ponta, Viih salvou Juliette de nada menos que três (3) ofensivas de empaderamento. É verdade que Juliette contou com um módico de sorte, já que acabou levando contragolpe e só escapou numa prova de sorte, mas a sorte tende a favorecer os mais preparados. Viih detonou sua amiga antes e depois de todos estes momentos, mas, com cetro e coroa de líder em sua posse, foi incisiva para proteger sua aliada do perigo iminente. Ela sequer hesita: "Juliette, lógico!"

Caio e Juliette empatam pelos votos da casa | #BBB21

Deu empate! Caio e Juliette têm o mesmo número de votos da casa. 🏠 O 👑 Líder Gilberto dá o voto de minerva e salva Juliette do Paredão 💥 #BBB21 #RedeBBB

Posted by Multishow on Sunday, March 21, 2021

Viih Tube, não por acaso, é a única dos quatro que não é millennial: tem apenas 20 anos.

Conclusão

O conflito geracional aqui é difícil de enxergar a quem não está acostumado. Millennials, afinal, cresceram sob a égide da "ressignificação" e já são incapazes de enxergá-la como um processo inorgânico da sociolinguística. Eles até mesmo acreditam que é assim que a língua foi desenhada para evoluir.

Entretanto, como o grande escritor britânico Mark Twain já dizia: "Ações falam mais alto que palavras, ainda que com muito menos frequência". À realidade material, mentiras sinceras ainda não interessam


 

Comments

There are currently no comments

New Comment