The Holidown Diaries #9: Judas Is The Demon I Cling To

Judas já foi um símbolo de traição e falsidade, mas, nos tempos da desconstrução, 🎶 até os profetas perdoaram seu jeito pateta 🎶.

Lançado nas vésperas da Páscoa há dez anos, "Judas" fez sucesso nas rádios mas não em vendas: foi apenas #10 nos EUA. O Brasil, curiosamente, foi o país de maior sucesso: #2.

Na tradição católica, o dia espremido entre a Sexta-Feira da Paixão de Cristo e o Domingo de Páscoa é chamado Sábado de Aleluia e tem como uma de suas atrações a Malhação do Judas:

Nos tempos de outrora, era uma diversão popular entre as crianças.

Evidentemente, como todos os outros tipos de malhação (na teoria), ela agora ocorre somente virtualmente (ninguém acredita nisso). Por outro lado, agora é permitido malhar o Judas todos os dias do ano, basta abrir uma conta no Twitter e nunca jamais EM TEMPO ALGUM mencionar o nome de algum ministro do ***.

Viva o Estado Democrático de Direito®!

É neste penúltimo dia de feriadown, portanto, que o vibrante Estado brasileiro começa a avaliar o resultado dos esforços da população e, esperançosamente, planejar os próximos passos com o cuidado necessário. Em São Paulo, a vacinação está atrasada, mas promete apertar o passo de agora em diante. Num novo revés para o coração econômico do País, o feriadão deve ser estendido nas escolas, que só retornarão no dia 12 de abril, após testagem extensiva para COVID-19. O restante das atividades comerciais deve retornar novamente, visto que o isolamento social ficou abaixo do esperado. É importante lembrar que somente a cidade antecipou feriados por conta da pandemia do coronavírus: não houve consenso para o restante do estado.

O alto número de óbitos no estado já afeta até mesmo o setor de serviços funerários.

O município do Rio de Janeiro, ligeiramente mais adiantado em termos de vacinação, decidiu acelerar o ritmo, em decisão conjunta com o consórcio de municípios que inclui Niterói, Maricá e Itaguaí. Enquanto São Paulo vacina idosos de 68 anos, o entorno da Baía de Guanabara já adentra a faixa dos 66 anos, ao mesmo tempo que começa a vacinar profissionais de saúde com 59 anos. O restante do estado deve seguir o cronograma original. Na capital, as aulas presenciais retornam na terça-feira, dia 6 de abril, nas 419 escolas da rede municipal originalmente autorizadas a funcionarem. O restante das restrições será prorrogado até quinta-feira, dia 8 de abril, num reflexo da suave melhora dos índices do sistema de saúde. Para prosseguir, porém, o estoque de doses precisará ser vigorosamente reforçado, algo que a prefeitura pretende conseguir negociando oito milhões de doses da Sputnik V. A conta é insuficiente, porém: a região metropolitana, sozinha, precisaria de mais 18 milhões de doses para encerrar a vacinação ainda em 2021.

Média móvel de atendimentos graves recua pela primeira vez desde fevereiro, justamente o mês do Carnaval, ao qual é atribuído a atual explosão de casos.
Um a cada quatro cariocas poderá ser vacinado ainda este mês. Confira a lista oficial de locais disponíveis.

A corrida, portanto, é para não virar o Judas deste feriadown de Páscoa. Entre milhares de autuações e outras medidas impopulares, as prefeituras visam chegar em 2022 com capital político suficiente para escaparem do papel de vilãs, e é justamente na vacinação onde enxergam esta saída: ao contrário dos países desenvolvidos, a tradição de confiança do brasileiro nos programas nacionais de vacinação torna a imunização de rebanho efetivamente plausível sem a necessidade de coerção.

São os governos estaduais e federal, portanto, que terão de arcar com o ônus político do atraso socioeconômico promovido pela desorganização na aquisição e distribuição das doses de vacinas. A disputa para vestir a carapuça de Judas, contudo, anda bastante concorrida: talvez falte paulada para tantos Chicos e Franciscos.

É, portanto, uma aposta entre qual é mais confiável: a memória curta dos brasileiros ou o apreço pelo político de estimação. No final das contas, como diria Lady Gaga, o brasileiro permanece 🎶 apenas um Santo Otário, é tão cruel mas ainda apaixonado por Judas 🎶.


 

Comments

There are currently no comments

New Comment